Participamos de um seminário chamado “Abençoando Gerações” neste fim de semana. É simplesmente lindo ver o agir de Deus e ver qual é seu plano original para todas as famílias, mas que, infelizmente, foi deturpado. Hoje não vemos mais pais abençoando filhos, filhos honrando pais, famílias unidas buscando a Deus… no lugar disso o que se vê são dores, feridas, mágoas, machucados no coração e na alma.

A boa notícia é: Jesus veio para anular todas as tristezas, as dores, as frustrações, as injustiças… mas não é fácil. Para aquele que abre seu coração e deixa de lado o próprio orgulho e a própria dor, esse sim consegue receber a plenitude do nosso Pai. É isso que tenho buscado: plenitude.

Aquele que crê receberá dá algo novo, uma nova vida, um novo nome.

Para mim, Deus diz: “Débora, eis que crio novos céus e nova terra; e não haverá mais lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão” (Is 65.17).

Para o Samuel, Deus diz: “Instruído de Deus, dei-te uma língua erudita, para que saibas dizer a seu tempo uma boa palavra ao que está cansado. Desperto-te todas as manhãs, desperto teu ouvido para que ouças, como aqueles que aprendem” (Is 50.4).

Deus é lindo. Não há palavras para traduzir.

Débora Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *